sábado, 24 de junho de 2017

Ranking de Rentabilidade - Maio 2017

Salve, confrades! Sobrevivi às consequências da delação da JBS e, com um pouco de atraso, eu declaro aberta a quinta edição do Ranking de Rentabilidade:

Série A: Masters of the World


Eu sou, pela primeira vez, o Big Cheese do Ranking, o Chefão, The Boss. Acredito que a Fortuna foi mais responsável por minha sina do que as minhas habilidades próprias de operação e manejo de ativos financeiros. Nesse ano eu fui muito favorecido pela grande apreciação das criptomoedas e também pela valorização de mais de 70% da Unipar, outras posições menores em ações como Grendene e Grazziotin também impulsionaram meu resultado. Claro que se eu criasse um método que rendesse 21% a cada 5 meses, eu seria um dos homens mais ricos do mundo em poucos anos, então não creio ser possível repetir meu desempenho Ad Aeternum.

O Economicamente Incorreto ficou em segundo lugar com sua carteira 100% focada em ações e composta apenas pelas empresas com balanços redondinhos, conseguiu o excelente desempenho de 17,28% até agora. O Surfista Calhorda ficou praticamente no zero e trocou de posição com o Economicamente Incorreto. O Pretenso Milionário teve uma rentabilidade levemente negativa e passou de primeiro para último da Série A. Aliás, as colocações da Série A, curiosamente, se inverteram desde a última edição, embora os 4 participantes sejam os mesmos.

Série B: Not Bad


Resumo dos desempenhos da Série B
Todos os investidores da Série B do mês de maio tiveram rentabilidades negativas, principalmente por causa da alocação em ações, mas, mesmo assim, todos ficaram com rentabilidades acima do IBOV. O Longe do Limite realizou uma ultrapassagem e sua carteira alocada 86% em ações e 14% em RF desvalorizou 1,56% no mês. O Investidor Defensivo perdeu uma posição e sua carteira composta por ações de 24 empresas diferentes ficou em sexto lugar no Ranking. O Zé Ninguém permaneceu em sétimo lugar e sua carteira focada em ações, mas com significativa participação de FIIs, aguentou parte da queda do IBOV e desvalorizou somente 0,57%. Carnegie é o novo integrante da Série B, desbancou o Investidor Convicto que caiu direto da Série B para a D. A carteira de Carnegie, focada em RF e FIIs e pouca participação em ações, sustentou a queda do IBOV e apresentou o modesto rendimento de 1,03%.

Série C: Pé-de-Chinelo



Resumo dos desempenhos da Série C
Todos os investidores da Série C tiveram rentabilidades positivas, embora modestas. O Aportador possui uma carteira bem diversificada com RF, PGBL, ações de empresas brasileiras redondinhas, FIIs e ETFs americanos. Essa carteira teve o módico rendimento de 0,01% em maio e, como resultado, a posição do Aportador segue inalterada. A rentabilidade de 0,93% alcançada pela carteira focada em RF e FIIs do Pobre Japa foi suficiente para que ele saísse da Série D e realizasse 3 ultrapassagens. Os FIIs e RF do Noob Investidor conseguiram conter a queda das ações e sua rentabilidade de 5,75% até agora o garantiu o 11º lugar no Ranking.

O Investidor Heavy Metal chegou substituindo o Investidor Livr3, que está desaparecido da blogosfera, postou a última rentabilidade em abril e deu poucas notícias depois que viajou para os EUA. Torçamos para que a NSA não tenha considerado sua presença na Burgerlândia uma ameaça à segurança nacional e tenha o convencido a realizar um suicídio. Heavy Metal ingressa no Ranking na 12ª colocação, com uma carteira com foco em RF, previdência, fundos multimercado e FIIs, nesta ordem, que rendeu 5,54% até agora e 0,44% em maio.

O Investidor Furioso era o primeiro na lista de espera do Ranking, mas seu blog teve vida curta e foi deletado, o segundo na lista era o Heavy Metal e o próximo é o Maromba Investidor.
 

Série D: Jênios das Finanças


Investidor Convicto pulando a Série C
Ainda não temos nenhum Jênio, propriamente dito, das finanças no Ranking, visto que todos conseguiram ficar, pelo menos, acima do rendimento da poupança. A carteira 2/3 RF e 1/3 RV do Meu 1º Milhão o garantiu a 13ª posição. A alta exposição do Investidor Convicto ao ETF BOVA11 foi responsável pela grande queda de sua rentabilidade no mês e, como resultado, ele despencou 6 posições no Ranking. O mês de maio também não foi fácil para O Idiota que teve uma desvalorização de 1,67% na carteira e ocupa o 15º lugar. O Investidor das Exatas segue na lanterna do Ranking e a rentabilidade negativa do fundo multimercado que ocupa 53% da alocação de sua carteira foi suficiente para ofuscar a rentabilidade dos 47% de RF, ficando com rentabilidade próxima de zero no mês.
Link para Ranking de Abril

Continuarei tentando fazer três posts semanais, mas às vezes estou cansado e sem ideias, ao que prefiro não fazer um post do que produzir um post meia-boca, então postei menos nas últimas semanas.

Abraços!

13 comentários:

  1. Muito bom, Marcelo.

    Sua rentabilidade mensal foi maior que o somatório entre todas as rentabilidades dos outros 15 participantes do ranking. Creio que ninguém jamais repetirá esse feito, rs. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Pretenso Milionário! Não tinha percebido isso, muito bem observado. Imagine se minha carteira fosse somente de criptomoedas, iria aparecer com rentabilidade mensal de 65%! Brincadeiras a parte, não acho prudente alocar todo ou quase todo o patrimônio em criptomoedas.

      Abraços!

      Excluir
  2. Tenho pensado em comprar criptomoedas. O que vc acha do Ethereum em relação ao Bitcoin?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E uma pergunta idiota: o que impede de surgirem outras criptomoedas no Mercado, fazendo as atuais caírem de valor absurdamente?

      Excluir
    2. Salve, Heavy Metal! Meu último post foi sobre o Ethereum e, como eu digo lá mais detalhadamente, acho que como o Ethereum não foi feito para ser utilizado como moeda, tem menos valor, porque seu código permite emissão infinita.

      Nada impede que surjam outras moedas no mercado que desbanquem as atuais, mas o mercado tem uma certa resistência a trocas, porque as moedas atuais já têm valor consolidado. O Bitcoin não tem um código muito aprimorado, mas, como foi a primeira criptomoeda, continua sendo a principal. Também possuo Dash e Litecoin que possuem códigos mais aprimorados. Outro fator que dificulta a substituição das moedas atuais é a possibilidade de upgrade até um certo ponto dos seus códigos.

      Abraços!

      Excluir
    3. Barbarossa já levantou alguma informação sobre IOTA? https://iota.org/
      Estou pensando em fazer uma fezinha nessa danada.

      Excluir
    4. Interessante essa ideia, Surfista. Pelo o que eu entendi é uma cadeia de blocos aprimorada e mais descentralizada, não sei se a Dash usa algo parecido, visto que os Master Nodes do sistema Dash tornam as transações mais rápidas e baratas.

      IOTA é também uma moeda ou só uma fundação que desenvolve esse sistema?

      Excluir
    5. Já está sendo comercializada na Exchange Bitfinex. É uma moeda para IoE (Internet of Everything).
      O que me deixa mais confuso é que tecnologias melhores estão sendo lançadas a cada semestre, tá difícil saber qual será a tecnologia que os grandes bancos vão adotar.

      Excluir
    6. Os grandes bancos podem adotar a Blockchain, mas nunca adotarão nenhuma criptomoeda, porque a criptomoeda em si representa o fim da necessidade de intermediários financeiros em transações.

      Excluir
  3. Fala Barbarossa, já pensaste em colocar uma coluna a mais com o patrimônio aproximado de cada competidor? Acredito que daria uma noção maior sobre como cada um teve essa rentabilidade, pois uma coisa é uma rentabilidade de 5% sobre um patrimônio de 10k e outra sobre um patrimônio de 500K. Quanto maior o patrimônio mais difícil alcançar uma alta rentabilidade. Abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Finansfera! Não coloco essa coluna porque eu mesmo não revelo meu patrimônio. Matematicamente a rentabilidade é igual independentemente do tamanho do patrimônio, mas eu sei que na prática um patrimônio menor fica mais suscetível a rentabilidades mais extremas, porque não é possível diversificar adequadamente. Acabo por ignorar esses fatos no Ranking.

      Abraços!

      Excluir
  4. Fala Marcelo,

    Que história é essa, rapaz? Eu senti-me em casa nos EUA, e só não fiquei lá porque sou totalmente contra imigração ilegal, rs.

    Sim, eu sumi, resultado de uma equação de muito trabalho, e pouca vontade para atualizar o meu blog. Mas em breve eu retorno com mais novidades!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um pouco de sarcasmo no ranking, como sempre, não faz mal. Estava lembrando do filme "Shooter" enquanto escrevia o Ranking e fiz uma associação com seu sumiço.

      No aguardo pelas novidades. Abraços!

      Excluir