sábado, 21 de janeiro de 2017

Você é um campeão!


Olá pessoal, estou lendo o livro de Roberto Shiyashiki - A Revolução dos Campeões - e nele há um conto que achei interessante e gostaria de compartilhar com todos.

É um conto simples, porém podemos fazer uma reflexão de como estamos encarando nossa vida e nossas dificuldades.


O ECO

Um pequeno garoto e seu pai caminhavam pelas montanhas.

De repente o garoto cai, se machuca e grita :

– Aai !!!

Para sua surpresa escuta a voz se repetir, em algum lugar da montanha :

– Aai !!!

Curioso, pergunta: – Quem é você?

Recebe como resposta: – Quem é você?

Contrariado, grita: – Seu covarde!!!

Escuta como resposta: – Seu covarde!!!

Olha para o pai e pergunta aflito: – O que é isso?

O Pai sorri e fala: – Meu filho, preste atenção!!!

Então o pai grita em direção a montanha: – Eu admiro você!

A voz responde: – Eu admiro você!

De novo o homem grita: – Você é um campeão!

A voz responde: – Você é um campeão!

O garoto fica espantado sem entender nada.

Então o pai explica:

As pessoas chamam isso de ECO, mas na verdade isso é a VIDA.

Ela lhe dá de volta tudo o que você diz ou faz.

Nossa vida é simplesmente o reflexo das nossas ações.


Se você quer mais amor no mundo, crie mais amor no seu coração.

Se você quer mais responsabilidade da sua equipe, desenvolva a sua responsabilidade.

Se você quer mais tolerância das pessoas, seja mais tolerante.

Se você quer mais alegria no mundo, seja mais alegre.

Tanto no plano pessoal quanto no profissional, a vida vai lhe dar de volta o que você deu a ela.



Esse conto é filosófico e pode ter inúmeros pontos de vista. O conto, como observado em cima trata basicamente que "a VIDA lhe dá de volta tudo o que você diz ou faz", ou seja, se você quer ser uma pessoa de sucesso, não adianta você se olhar no espelho toda manhã e falar para si mesmo que é um derrotado, não adianta você querer ficar rico daqui a alguns anos se você mesmo não tomar as rédeas da situação. Deve falar para si mesmo que consegue e está no CONTROLE DA SITUAÇÃO.

Este conto, como o próprio nome diz é o ECO, ou seja, irá refletir na nossa vida, tudo aquilo que plantamos ou acreditamos.

Para finalizar, as palavras "mundo, equipe, pessoas" no final do conto poderá ter outras interpretações. Olhando para nós mesmos:

Se você quer mais amor na SUA VIDA, crie mais amor no seu coração.
Se você quer mais alegria na SUA VIDA, seja mais alegre.
Se você quer mais tolerância das pessoas, seja VOCÊ MESMO mais tolerante

Em suma, não devemos ser passivos, se queremos a mudança, devemos mudar nós mesmos.
Esse conto é bastante reflexivo, é bom para trocarmos diferentes pontos de vista.

Grande abraço

2 comentários:

  1. Isso é lindo no papel, mas só nele. Pode-se resumir isso em "Seja uma boa pessoa que o mundo será bom pra vc", mas todo mundo um pouco mais observador e atento à sua volta sabe que isso não é verdade. Vc ser alegre/tolerante não é garantia que o mundo será mais alegre/tolerante. Não passa de punhetação mental.

    Além disso tem a questão do egoísmo/hipocrisia envolvido nesse tipo de pensamento de "vou amar o mundo pq quero q ele me ame de volta". Se a pessoa tem pensamentos desses mas enxerga e entende que é uma atitude puramente egoísta, não vejo problema nenhum (sou à favor do egoísmo). Mas se ela nega que está "amando o mundo" só por benefício próprio, ela está sendo um grande hipócrita.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo comentário, esse conto é filosófico e pode ter inúmeros pontos de vista. O conto, como observado em cima trata basicamente que "a VIDA lhe dá de volta tudo o que você diz ou faz", ou seja, se você quer ser uma pessoa de sucesso, não adianta você se olhar no espelho toda manhã e falar para si mesmo que é um derrotado, não adianta você querer ficar rico daqui a alguns anos se você mesmo não tomar as rédeas da situação. Deve falar para si mesmo que consegue e está no CONTROLE DA SITUAÇÃO.

      Este conto, como o próprio nome diz é o ECO, ou seja, irá refletir na nossa vida, tudo aquilo que plantamos ou acreditamos.

      Para finalizar, as palavras "mundo, equipe, pessoas" no final do conto poderá ter outras interpretações. Olhando para nós mesmos:

      Se você quer mais amor na SUA VIDA, crie mais amor no seu coração.
      Se você quer mais alegria na SUA VIDA, seja mais alegre.
      Se você quer ser mais tolerante, seja VOCÊ MESMO mais tolerante

      Em suma, não devemos ser passivos, se queremos a mudança, devemos mudar nós mesmo.
      Esse conto é bastante reflexivo, é bom para trocarmos diferentes pontos de vista.

      Abraço Anon

      Excluir