segunda-feira, 12 de junho de 2017

Seguro Celular

Fala, pessoal. Hoje irei abordar um assunto que me chamou atenção essa semana, quando estava fazendo uma pesquisa de preços do celular Iphone 7 no comércio. Não tenho objetivo de adquirir esse celular porém estava acompanhando uma pessoa que tinha interesse em comprar o aparelho e veio a tona a discussão em se fazer um seguro para esse tipo de dispositivo.

O confrade Barbarossa já escreveu sobre esse assunto no post Mévio - Faça seu Próprio Seguro, mas senti que seria pertinente dar a minha opinião, bem como atualizar os valores cobrados para esse tipo de seguro.
Normalmente o seguro é oferecido para quem vai fazer uma aquisição mais cara, como por exemplo o Iphone 7 - 128 Gb (que estava procurando) - que está na faixa dos R$ 3800. Fui numa loja com uma amiga que estava pesquisando a compra desse celular, e, no momento de fechar a compra, o vendedor ofereceu um seguro para incluir no preço final.

O valor do seguro oferecido seria R$ 700,00, o que dá em torno de 20% do valor do celular, que estava na promoção por cerca de R$ 3400. Vale ressaltar que o valor do seguro é à vista, sendo que o valor parcelado permaneceria em torno de R$ 800,00. Dei uma pesquisada na questão dos seguros para dispositivos móveis quando cheguei em casa. É oferecido essa opção por algumas seguradoras, como Porto Seguro e Zurich ou por corretores de seguro.

Fiz a cotação na Porto Seguro, uma cotação completa, incluindo roubo, acidentes elétricos e danos por acidente. O valor ficou cerca de R$ 1000,00. Por corretor o valor ficou um pouco mais abaixo, cerca de R$ 740,00.

O que é interessante é que as seguradoras fazem uma diferenciação entre roubo, furto qualificado, roubo simples, perda e esquecimento. Ou seja, se você simplesmente esquecer o celular em algum lugar o seguro não irá cobrir esse acontecimento. O que o seguro não inclui, também, é o fato de você ser furtado, caso deixe o celular numa mesa, por exemplo (chamado de furto simples). Os tipos mais comuns de cobertura é o furto qualificado, quando você tem, por exemplo, a mochila rasgada para pegarem seu celular e o roubo, quando há a ameaça física ou verbal do meliante para pegar seu celular.

Pesquisei , rapidamente, outras opções de cobertura para celulares. Há o site chamado Pitzi que possui cobertura para acidentes, caso você deixe o celular cair e a tela quebrar. Não possuo maiores informações desse serviço, pois nunca utilizei, porém é uma outra forma de cobertura para celulares. No exemplo dado, os valores ficam entre 5% do valor do celular, bem abaixo do seguro tradicional.
Fazendo uma análise sumária, vemos que o valor base de R$ 700 a R$ 1000, corresponde ao preço de um celular mediano no mercado. Além disso, há a possibilidade de o indivíduo não utilizar o seguro (não ser roubado, nem furtado). Há o custo de oportunidade em não se utilizar esse dinheiro que seria destinado ao seguro (estaria deixando de gastar os R$ 700). Além disso, a depreciação do celular pode ser considerado no momento da utilização do seguro, ou seja, você poderá receber o valor menor do que foi pago na nota fiscal (tudo isso estará especificado no contrato).

Ainda como contraponto, a maioria das seguradoras não considera o furto simples como forma de seguro. Você poderá ser furtado e acabar se decepcionando em não conseguir fazer uso do seguro. É mais interessante pegarmos o valor não gasto no seguro e fazer uma reserva financeira para cobrir os gastos decorrente de algum tipo de acidente/incidente. Caso não ocorra nada, você terá o benefício de permanecer com este valor, fato que não acontece se, simplesmente, contratarmos uma seguradora.

Com relação a golpes digo o seguinte. O vendedor da loja afirmou que o valor alto para segurar o celular (sendo mais caro que um seguro de um automóvel médio ou residencial) é, em virtude do grande número de roubos desses tipos de aparelhos. Pesquisando mais a fundo sobre o assunto, vi que o valor alto, corresponde ao grande número de golpes que as pessoas fazem na garantia de ganhar outro aparelho. Seria mais fácil dar o golpe no seguro do celular do que de um carro por exemplo. Acredito que fazer um seguro pensando desta forma, além de imoral, não é o caso.
Por fim, defendo a ideia de não utilizarmos bens de consumo não duráveis para status (apesar de algumas pessoas defenderem o Iphone como bem de consumo durável). Além de necessitar de recursos que poderíamos utilizar em outras coisas, há todo um medo e receio de utilização desses aparelhos, tal como medo excessivo de utilizar na rua, medo de ser roubado, medo de deixar cair, gerando um custo benefício duvidoso em alguns casos. Tudo depende da necessidade de uso e qual impacto que uma compra fará no orçamento anual do indivíduo. 

Grande abraço!

10 comentários:

  1. Se o cara não é milionário nem tem um atividade realmente rentável, comprar um celular desses não faz sentido algum.
    Quem mais usa esses aparelhos caros são pessoas que jamais ficarão tranquilas financeiramente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo, na realidade tem que pesar o custo benefício, fato que muitas pessoas não fazem. abraço

      Excluir
  2. Acho interessante, porque 1000 reais é o que eu pago atualmente no seguro do meu carro.

    Se gasta o mesmo valor pra proteger um bem que vale 1 décimo do valor de um carro.

    E imagino, com toda certeza, que as seguradoras estão fazendo muito dinheiro com isso!

    Só sendo muito trouxa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, na hora eu perguntei porque ser mais caro que um seguro de carro, o vendedor afirmou que era pela questão das pessoas serem roubadas regularmente...mas se você for ver por essa ótima, o seguro de um carro deveria ser mais de 1/3 do valor do veículo. A grande questão está nos golpes que os indivíduos fazem para conseguir outro celular. Acredito que é por isso que é tão caro. grande abraço

      Excluir
  3. Boa pesquisa Grego, só acho meio inconveniente aos seguidores da blogosfera que tem como um de seus princípios a frugalidade, quando você citava compra de celular de quase 4k e seguro de $700,00, chegou a me dá calafrio na espinha kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei o mesmo! rsrsrs...

      http://antipoda.com.br/

      Excluir
    2. hahahhaha...acaba acontecendo com familiares e amigos, por isso resolvi passar um pouco dessa experiência. O bom é que minha amiga resolveu pegar um celular num plano que já pagava, sem pagar nada. Além disso ainda economizou o valor do Iphone. grande abraço

      Excluir
    3. Também senti calafrios ao ler seguro de celular por 700 ou 1000 contos. Socorro! Isso sim é um assalto!!!

      Abs,
      50segundos

      Excluir
  4. Sempre custa mais caro você se livrar do risco do que conviver com ele. Quem os absorve sabe mais do que você. Existe uma assimetria de informações entre segurados e seguradores que proporcionam o lucro ao último.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, por essa ótica, vemos que não existiria empresas de seguros no mercado sem que tivessem lucro.

      Excluir