terça-feira, 3 de janeiro de 2017

O que esperar de 2017?

Grande amigos do Blog Capitalismus. Como estou de férias, procuro dar um tempo no uso dos meios eletrônicos, já que passei o ano inteiro trabalhando/estudando sobre eles. No momento de descanso, vemos por outros ângulos determinadas situações que ocorreram no ano de 2016. Vivemos um momento de extrema recessão econômica, e acabo sofrendo com isso. Talvez não o meu próprio sofrimento, mas saber que familiares estão desempregados e não estão conseguindo adentrar no mercado é complicado. Tanto como eu, muitas pessoas esperam que o Brasil volte a crescer em 2017, porém vislumbro que a caminhada não será fácil.

De acordo com alguns analistas, Brasil não saíra da crise em 2017

Essa dificuldade, de certa maneira, não vejo como todo mal. É o momento que temos para nós mudarmos nossas atitudes e de reformas serem aprovadas no âmbito econômico. A política poderá ficar diferente, talvez nem tudo acabe em pizza. 

Sergio Moro aparece na lista das pessoas mais influentes do mundo pela Revista Time. Notoriedade no combate a corrupção

Nesse início de ano, vejo que é importante traçarmos metas para alcançarmos. Colocar ponto a ponto cada aspecto a ser melhorado em nossa vida. Por exemplo, aspecto Emocional, Econômico, Familiar, Pessoal e Amizades. Termos um objetivo para concretizarmos é muito importante. Para que vislumbrar 1 milhão de reais, se podemos procurar uma marca mais tangível? Quem sabe os primeiros 10 mil sejam muito mais importantes...ou os primeiros 100 mil, quem sabe? 



Vejo que devemos aproveitar o início de ano para traçarmos essas metas. Quem sabe fechar 2017 com uma a duas metas cumpridas? Melhor que nenhuma não é mesmo? Para quem conseguir todas, ótimo. 



O que desejo para todos nesse 2017, além de dinheiro no bolso é força e saúde para conseguirmos concretizar nossos objetivos.

abraço

Nenhum comentário:

Postar um comentário