sábado, 26 de agosto de 2017

Pedir Nota Fiscal no Posto de Gasolina - Jamais!

Eu monitoro um grupo de Whatsapp dos chamados "tiozões" sobre assuntos automobilísticos, mas ,além de mecânica, são tratados outros assuntos em "off". Um dos objetivos de acompanhar grupos como esse ,além de resolver alguns possíveis problemas com meu carro, é fazer uma análise do pensamento coletivo e identificar algumas tendências, mas, na maior parte do tempo, parece que eu estou peneirando estrume atrás de alguma moeda de ouro.
Recentemente, tornou-se uma obsessão a campanha para pedir nota fiscal. Equivocadamente, muita gente parece acreditar que de alguma maneira o preço dos combustíveis abaixe com mais controle estatal.

Esse cidadão deu a "melhor" resposta de como o preço dos combustíveis vai abaixar com o pedido da nota fiscal:
O cidadão pagou 42% de imposto só sobre o valor adicionado do combustível, sem contar os outros impostos da cadeia produtiva e ainda acha que por fiscalizar a arrecadação do governo de graça a Petrobras vai diminuir o custo da gasolina!?
Primeiramente, o ato de pedir ou não a nota fiscal não vai mudar quase nada, porque o imposto por valor adicionado já é tributado pela distribuidora. A única coisa que poderia mudar é que seria mais difícil para o dono do posto sonegar o imposto de renda, alegando que vendeu menos do que realmente vendeu, de qualquer jeito, há outras técnicas para criar despesas que reduzem o lucro declarado para diminuir o imposto de renda.

Provavelmente, a única coisa que vai mudar é que o frentista vai achar que você é um babaca.

Pode esquecer que a Petrobras não vai abaixar o valor da gasolina se o povo fizer os postos de combustíveis pagar mais impostos. A Petrobras está utilizando os preços internacionais para basear os preços dos combustíveis e diminuir a importação de combustíveis concorrente, mas como cerca de metade do preço do combustível é imposto, fica muito mais caro abastecer na Terra de Santa Cruz.
Aliás, o governo brasileiro parece que declara guerra à mobilidade: combustível caro, IPVA alto, carros caros, barricadas esporádicas de MSTs e afins, etc. Ironicamente, o imposto que o cidadão fiscaliza voluntariamente é o mesmo que paga os Chauffeurs dos políticos e até dos ex-presidentes e seus generosos cartões de combustível.

29 comentários:

  1. Esse boato é operação psicológica barata do governo ou de algum idealista bunda mole.
    Postos de gasolina são usados pra lavar dinheiro e o governo não gosta disso.
    Como você disse isso jamais baixaria preço algum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, C.F. Acho é muito provável que alguém do próprio governo tenha criado esse boato para fazer o povo fiscalizar o imposto de graça.

      Abraços!

      Excluir
    2. Já ouviram aquele ditado que diz se algo pode acontecer por malícia ou estupidez, é muito provável que tenha acontecido por estupidez?

      Não acredito que alguém (ou "alguéns") do governo se esforçou pra convencer o povo a fiscalizar de graça. A gente vê tanta burrice, tanta corrente de Facebook e WhatsApp que o povo inventa com besteirada que pra mim esse movimento surge da burrice. O que mais temos hoje em dia é gente que não sabe de porcaria nenhuma inventando teorias duvidosas. E o povo em geral mais burro que uma porta, segue a manada.

      O mercado de ações já dá um ótimo exemplo disso. O povo adora fórmulas mágicas...

      Excluir
    3. Nesse caso eu não tenho tanta certeza que seja por estupidez. Quanto mais eu estudo política, mais fica claro que existem poucas coincidências nos acontecimentos políticos.

      Excluir
  2. ahhh não é bem assim rs, eu peço no mercado (posto do extra), ganho pontos no clube extra, e parece que o shell box você guardando a nota fiscal e enviado a foto dela, ganha uns descontos !! para esse tipo de coisa vale a pena pedir a nota fiscal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Stifler! Não conhecia esse App da Shell Box, é bastante interessante a ideia dele. Na minha cidade tem um posto que dá 5% de desconto para o pagamento em espécie, aí a vantagem é muito maior do que os pontos do Extra e os pontos da Shell.

      Abraços!

      Excluir
  3. Eu pedia nota fiscal para reembolsar na empresa haha

    Para uso proprio eu nem peço, os caras ja faziam uma cara de c* quando eu pedia kkk

    Mas agora com novas regras da prefeitura de Sao Paulo, acho interessante pedir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Bna! Em minha opinião, a Nota Fiscal Paulistana só serve para você trabalhar quase de graça como fiscal da prefeitura, também nunca a peço.

      Abraços!

      Excluir
    2. Eu pedia para ganhar uns trocos com a NFP. Mas desisti, você tem que gastar muito para receber uns trocados.

      Hoje não peço mais

      Excluir
    3. O pior mesmo é a certeza de ser vigiado, mas acho que o tempo perdido em fazer esse controle pessoal não compensa os trocados que voltam.

      Abraços!

      Excluir
    4. é Marcelo, não compensa não.

      Abraços

      Excluir
  4. Eu nunca peço nota fiscal, inclusive já chego dizendo antes de emitirem que não quero. Por mim, as empresas sempre escapam do apetite insaciável do leão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Anon! Só digo que não quero quando me perguntam (vai querer CPF na nota? - Jamais!), aliás, o CPF na nota é mais uma forma do governo controlar como você gasta seu dinheiro.

      Abraços!

      Excluir
  5. Eu também não peço. O máximo que pode acontecer é o cara aumentar o preço do litro, afinal de contas ele vai querer manter a margem de lucro dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Senhor Bufunfa, a única coisa que poderia acontecer é, obviamente, um aumento de preços decorrente de maiores controles para aumentar a arrecadação.

      Abraços!

      Excluir
  6. Senhores, primeiramente peço desculpas por utilizar esse canal para explicar que tive imprevistos quanto ao blog, haja vista que este foi suspenso temporariamente em decorrência de comentários ofensivos de anônimos que estão buscando desativar nosso reduto.

    Segundo, agradeço a colaboração e a presença de todos vocês e solicito encarecidamente que divulguem essa notícia.

    Estou buscando solucionar esse imprevisto. Desculpe o transtorno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobre-diabo, é uma pena que a liberdade de expressão é cada vez mais coibida para se adequar às opiniões de um planejamento central global. Espero que consiga retomar o blog.

      Abraços!

      Excluir
  7. Barbarossa,

    Isso só me faz lembrar aquele texto pronto que circula no WhatsApp falando pra ninguém abastecer no dia seguinte, toda vez que o combustível aumenta essa corrente volta kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, BPM, já tinha me esquecido dessa aí. Depois de um dia as pessoas percebem que têm que abastecer os carros e o ciclo continua. huahuahua

      Abraços!

      Excluir
  8. Com certeza não adianta nada. Muito bom post! Abs

    ResponderExcluir
  9. Eu peço a nota não para coletar os meus impostos (bom motivo) e nem pra baixar o preço (não funciona como você disse), mas para não deixar o dinheiro dos impostos na mão do dono do posto. Este mesmo dono que antes mesmo de comprar o combustível com preço reajustado, aumenta na bomba na hora o combustível antigo comprado a menor preço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Aleciano! Prefiro muito mais que o dono do posto fique com o dinheiro dos impostos, pelo menos assim o governo terá menos dinheiro para construir metrô em Caracas, para patrocinar a parada gay e para pagar 8 funcionários para cada ex-presidente. Da mesma forma que eu não vendo minhas ações compradas a preço baixo pelo mesmo preço quando o mercado sobe, o proprietário de posto também segue as leis de mercado, a função de posto não é fazer benesse social, mas gerar lucro para o proprietário. Da mesma forma, o proprietário também poderia se ver obrigado a vender seu combustível por um preço abaixo do que ele pagou se a cotação dos combustíveis caísse.

      Abraços!

      Excluir
  10. Muitos donos de postos não gostam da pratica de pedir a nota pelo simples fato de poder esconder e diluir a adulteração de combustiveis, fora que nota é sua garantia de compra, impostos já são recolhidos na cadeia produtiva e não no produto final, afinal quando se faz dobra um caminhão de gasolina com alcool e agua esse combustivel não pode ter nota, posto de gasolina alguns vendem gasolina com 60% de alcool molhado e o que ele menos quer é dar garantias como notas fiscais etc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Anon! Esse aspecto da adulteração é verídico, mas pedindo nota fiscal você acaba trabalhando para a Receita Federal de graça. Há outros métodos mais eficientes de combater a adulteração de combustíveis do que pedindo nota fiscal.

      Abraços!

      Excluir
  11. Pra ser sincero os brasileiros se abaixar o preço da gasolina e só fazer igual um país de fora fez parou aqueles monte de veículos aí abaixou o preço da gasolina kkkk

    ResponderExcluir
  12. Aqui é uns se contentando em deixar o lucro para os donos de postos pq com o governo vai acabar sendo usado para corrupção ou outra forma de crime, outros dizendo que não vai trabalhar de graça pra receita, que isso é função da receita fiscalizar. Ficar nesse comodismo é que nao da, vc tem o direito de pedir a nota fiscal, peça, se nao quiser tudo bem, mas esse mesmo q se recusa a pedir é o primeiro a reclamar do país, do aumento da gasolina, de não sei o que mais lá, toda essa conversa. Porém não fazem nada para tentar mudar. Por menor que seja o ato e por mais ilusório que seja essa ideia de baixar preço da gasolina pedindo nota fiscal, esse é um direito seu, é sim uma forma de fiscalização, faça sua parte, fiscalize.

    ResponderExcluir
  13. Welignton de Oliveira23 de fevereiro de 2018 00:22

    Pelo sim e pelo não faça sua parte, não é ser fiscal de graça é fazer seu papel como cidadão que consome, nota ou cupom é um documento que prova que você abasteceu no posto e serve para que se der problema no seu carro você tenha como comprovar onde abasteceu, é um DIREITO pedir a nota o posto é obrigado a fornecer, não vem com esse discurso besta de que não muda nada, se não mudasse nada nenhum posto iria criar tanto caso para fornecer, e se somos roubados pagando 4 reais no litro na bomba. Brother é meu direito e não abro mão, se eu abrir mão de um vão meter a mão nos outros direitos que eu tenho...

    ResponderExcluir
  14. Welington de Oliveira23 de fevereiro de 2018 00:39

    Coisa de quem anda pouco com o carro, ou que é isento de impostos, coisa de quem não entende, eu gasto no minimo 15 mil reais por ano de combustível se eu não pedir nota como faço com a declaração de imposto de renda?

    ResponderExcluir