sábado, 22 de outubro de 2016

Discussão de Resultados: Grendene 3T16

Salve, Confrades! Declaro abertas as discussões de resultados do terceiro trimestre de 2016!

GRENDENE - GRND3:
A Grendene entregou um resultado muito bom, apesar da queda da receita de produtos vendidos e do impacto cambial sobre as exportações, a empresa conseguiu aumentar o lucro por causa do crescimento do resultado financeiro líquido positivo. A empresa reduziu custos e despesas com publicidade, conseguindo manter uma margem bruta consistente mesmo em um cenário desfavorável para o mercado interno e externo. O lucro reportado no trimestre foi de 150M reais.

A Grendene é uma das empresas mais bem administradas e conservadoras de capital aberto, é extremamente transparente em suas divulgações de resultado e não esconde os problemas que a empresa enfrenta. A empresa também se destaca por possuir um enorme caixa líquido e alta eficiência operacional.

O alto caixa líquido mantido pela Grendene é um excelente seguro para tempos de crise, seus rendimentos conseguem manter a rentabilidade da empresa mesmo em situações de crise, como a que passamos por agora.
Evolução do Caixa Líquido da Grendene
A sua maior concorrente é a Alpargatas, que teve uma mudança de controle recentemente. Acredito que a Alpargatas deve tomar estratégias mais agressivas a partir de agora, mas nada que a Grendene não possa superar. 

Na minha opinião, a Grendene é uma boa empresa para se ter em carteira, apesar da ação ter subido muito nos últimos meses ainda é negociada a um P/L de 10, o que considero favorável para uma empresa com excelente administração e líder no setor.

NOTA: MB


O caso da A3NP:

A Grendene fechou a sua Startup A3NP no começo de 2016. A ideia era fabricar móveis de plástico com "design renomado" por um preço acessível, mas a empresa caiu em uma emboscada e foi enganada pelo artista Philippe Starck, que ganhou muito dinheiro com a startup. Os móveis ficaram caríssimos, uma cadeira chegava a custar cerca de 500 reais! Caso encerrado, a Grendene descontinuou a startup e assumiu seus prejuízos, de qualquer jeito seus resultados não mais impactarão os relatórios vindouros.
100% de chances de dar errado
Esse caso mostra que todas as empresas estão suscetíveis a tomar decisões erradas, mas as empresas melhores administradas conseguem contornar as decisões erradas, enquanto as empresas mau administradas insistem no erro e sucumbem.

4 comentários:

  1. Ótima empresa, com uma administração bem transparente e negociada a um bom preço.

    O interessante é que mesmo com as adversidades (queda na receita e impacto cambial), a empresa ainda encontrou vias para entregar um ótimo resultado.

    A Grendene está no time seletíssimo de empresas brasileiras que pouco sentiram esta crise. Ponto para a administração.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, espero que o resultado melhore consideravelmente se as condições econômicas forem restauradas.

      Abraços!

      Excluir
  2. Que furada esta startup, sou acionista e nem estava sabendo, rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma completa furada, ainda bem que a empresa assumiu os prejuízos e descontinuou a startup.

      Abraços!

      Excluir