quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Comentários: Eztec 2T17

A Eztec (EZTC3) divulgou um resultado bom se comparado com a situação econômica brasileira e da construção civil, mas fraco se comparado com o auge desta construtora. Sempre dizemos (eu e Peter Lynch): busquem comprar ações da empresa de ponta do setor, porque elas tendem a sobreviver sem grandes impactos a uma crise econômica.
A Eztec é uma das únicas construtoras grandes que não possui dívida líquida, inclusive uma parte grande do lucro é proveniente de receitas financeiras de recebíveis imobiliários diminuída da dívida bruta. A Eztec também é uma das construtoras de maior margem bruta e pôde optar por diminuir o ritmo de lançamentos enquanto o setor de construção estiver empacado.
Em geração de caixa, leia-se caixa líquido
A empresa registrou cerca de 22M de lucro no trimestre, um valor decrescente comparado aos últimos trimestres, embora a empresa esteja mantendo a lucratividade enquanto as outras incorporadoras naufragam. O caixa líquido continuou aumentando, seguindo a tendência da empresa em diminuir as obras e vender os imóveis já lançados.

Resolvi abortar, por ora, a minha operação de tentar lucrar com uma possível retomada da construção civil no Brasil com as ações da Eztec. Minha convicção é que o Brasil vai ficar em um marasmo por mais alguns anos e a recente subida de preço das ações da Eztec, sem uma melhora da construção civil, favorecem a venda. Vendi minha pequena posição em Eztec e vou tentar remontar um posição maior caso as ações voltem para patamares de precificação que correspondem a um país em crise.
Para fins de registro, comprei as ações por cerca de 14,70 em outubro de 2016 e as vendi por cerca de 20,70 em agosto de 2017. Ainda recebi quase um real de dividendos, tentarei fazer uma operação parecida, tão logo as más notícias surjam.


7 comentários:

  1. Olá Marcelo!

    É uma puta compania essa ai hein? o setor de const é foda cara, e ela consegue se manter. Tem que tirar o chapeu...

    Meu pm está parecido com esse seu de entrada. Mas não penso em sair dela, pelo menos não agora.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Inglês! É uma grande empresa, mas penso que será mais inteligente realocar meus recursos em setores mais defensivos.

      Abraços!

      Excluir
  2. Fui deletar o comentário de um spammer e acabei deletando dois comentários de companheiros da blogosfera por engano. Mil perdões.

    ResponderExcluir
  3. Tem problema não, comento de novo, hahha:

    Fala Marcelo, eu tô pensando em entrar nela, como você e o inglês mencionaram é uma baita empresa, uma das poucas da Construção que se mantém firme perante as crises se valendo do seu caixa generoso e do controle das dívidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Maromba! Desculpe pelo inconveniente. A empresa é muito boa, mas não acho vantajosa a aquisição no momento atual. Pela minha experiência, é muito provável que daqui algum tempo comecem a surgir algumas notícias catastróficas e o mercado mude de direção.

      Abraços!

      Excluir
  4. Eu tb estou esperando uma boa correção na bolsa para voltar a comprar. Acho que está caro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Senhor Bufunfa! Estou fazendo alguns ajustes e me posicionando em ações mais defensivas. Concordo somente que na situação atual, a Eztec poderia estar cara, dependendo dos fatores econômicos dos próximos anos (eu não estou confiante).

      Abraços!

      Excluir