terça-feira, 10 de outubro de 2017

Comentários: SLC Agrícola 2T17

Há quase um ano atrás eu escrevi pela primeira vez sobre a SLC, naquela época, a SLC tinha registrado um prejuízo de 58M por causa da seca no Brasil. Agora, com condições climáticas normais e recuperação dos preços das commodities agrícolas, a SLC conseguiu lucrar 76,5M no trimestre.
A SLC mudou da fase expansionista para a fase de consolidação, o foco da empresa agora é aumentar a rentabilidade e o retorno para os acionistas, enquanto que no período de 2007 até 2015, o foco foi adquirir mais terras e aumentar a área plantada. Considero que a SLC está tendo sucesso nesse plano, porque está conseguindo trabalhar com boas rentabilidades e manter a dívida líquida em valores totalmente controlados.
Há alguns anos atrás eu percebi que o setor agrícola tinha grandes chances de se expandir, mas não tinha certeza se essa expansão seria lucrativa ou não. Como exemplo temos o mercado de aviação civil, que apesar de ter expandido de forma exponencial nos últimos 100 anos, acabou gerando mais prejuízo do que lucro aos investidores. Avaliei se seria melhor adotar a estratégia das "pás e picaretas", ou seja, comprar ações de fornecedores do setor, mas no Brasil só temos a Metisa, que está bem meia boca. Internacionalmente há bons fornecedores como a John Deere, mas na época eu ainda não tinha acesso ao mercado americano. Resolvi comprar SLCE3 por 13,XX e tem se mostrado uma compra muito acertada até agora.
Localização das fazendas da SLC
Como disse há um ano atrás, o setor agrícola é extremamente volátil, ou usando um bordão: "agricultura não é para amadores". Há inúmeros fatores climáticos e biológicos que podem destruir uma safra e a disputa para a produção com menos custos nunca para. A SLC está se saindo bem nessa disputa e está mostrando que o modelo de negócios dela é acertado. A outra empresa do setor na bolsa, a Terra Santa, está há anos sem sair do lugar e amargando prejuízos.
As cotações da SLCE3 subiram muito nos últimos meses, chegando até 23,XX reais, mas eu acredito que a empresa tenha mesmo conseguido gerar valor que correspondeu à subida de preços, dessa forma, apesar da SLCE3 não ser mais uma barbada, ainda acredito ser uma empresa vantajosa ao investimento.



O próximo post será o Ranking de Rentabilidade

11 comentários:

  1. Obrigado por compartilhar!
    Pretendo estudar melhor esta empresa nos próximos meses.

    ResponderExcluir
  2. O setor agricultura é um setor que não conheço bem, nem suas empresas, a regra manda invistir só no que se conhece bem, sendo assim fico de fora

    Abraço e bons investimento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, essa regra é fundamental. Eu travo um contato próximo com o setor agrícola, mas é possível tomar conhecimento do funcionamento de qualquer setor econômico através de pesquisas. Eu, pessoalmente, acho que o setor agrícola é compensador para ser estudado.

      Abraços!

      Excluir
  3. Olá Marcelo, o que você acha do setor logístico, em especial a empresa RAIL3 (RUMO S/A) ... Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não estou acompanhando de perto esse setor, porque as empresas de logística estão com rentabilidades bem ruins há anos. A Rail é a eterna empresa do "agora vai", há mais de dez anos estou escutando que "agora vai", mas na verdade "nunca vai". Acho que só a Tegma e a Wilson Sons valem a pena para serem estudadas, mas, mesmo assim parecem ser meia boca e a Wilson é uma BDR.

      Abraços!

      Excluir
  4. Marcelo, sou sócio da SLCE3, e vejo um bom potencial.
    Vi um estudo da BBC, sobre a agricultura brasileira: se a agricultura brasileira fosse um país, seria o país do mundo que mais cresce, e seria o país mais rico do mundo. Isso que utiliza-se 10% das terras agricultáveis.

    Sucesso, abraço!
    Bagual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Rk! A agricultura é uma área onde o Brasil tem vantagem competitiva, mesmo com estradas e portos ruins e poucas ferrovias consegue ser competitivo. Eu reafirmo aqui minha convicção que o setor agrícola brasileiro será bem lucrativo nos próximos anos.

      Abraços!

      Excluir
  5. Marcelo, quais as vantagens de SLCE3 em relação a AGRO3?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, gttrajano! A AGRO3 é uma empresa com foco em desenvolvimento de terras agrícolas, ela compra, desenvolve e vende terras agrícolas. O foco da SLC é a produção agrícola em si, por isso o negócio da SLC é mais estável. De qualquer jeito, são empresas com atuação bem diferentes uma da outra.

      Abraços!

      Excluir