segunda-feira, 1 de maio de 2017

Guia de Bitcoins: Compra e Venda

Apresento-vos um guia sucinto de como comprar, estocar e, posteriormente, vender Bitcoins. Já expliquei quais vantagens (e desvantagens) vejo em possuir bitcoins na carteira nesse post, então o objetivo dessa postagem é explicar de forma rápida como "transformar" reais em bitcoin.

1º Passo: Abrir conta em uma Exchange


No Brasil existem quatro exchanges com boa liquidez para comprar e vender bitcoins: Foxbit, Mercado Bitcoin, Bitcoin to You e Negocie Coins. As exchanges com as melhores taxas são a Foxbit e a Negocie Coins.

Deve-se abrir conta em uma delas, fazer uma TED para carregar a conta com reais e, então, comprar Bitcoins em uma negociação do tipo pregão. Diferentemente das bolsas de valores, as exchanges funcionam 24 horas por dia, 7 dias por semana.

2º Passo: Estocar as moedas em uma Wallet


É sensato não deixar os Bitcoins por muito tempo nas carteiras das exchanges. Ocorreram alguns furtos há alguns anos atrás, agora a tecnologia de segurança das exchanges é melhor, mas é melhor não confiar tanto. O outro problema é que a exchange pode quebrar e será difícil reaver suas moedas. Por sorte, o Bitcoin foi feito para que pudesse ser armazenado de forma individual, para isso você precisará baixar alguma carteira (wallet) para computador ou celular. O site Bitcoin.org fornece uma página com as principais Wallets, não testei todas, mas algumas são muito lentas ou pesadas, por exemplo: a Armory promete ser a mais segura, mas precisa baixar vários gigas para funcionar.

Há algumas carteiras que permitem imprimir a carteira em papel, possibilitando esconder a carteira fora de qualquer arquivo digital. Outra possibilidade é salvar a carteira em um ou mais pen drives e acessá-la somente por esses dispositivos. Deve-se tomar muito cuidado para não perder as senhas da carteira bitcoin, como elas são projetadas para possibilitar o máximo de segurança, a maioria não permite a utilização de nenhum dispositivo de recuperação de senhas perdidas.

3º Passo: vender Bitcoins


Para vender bitcoins deve-se usar o processo inverso do primeiro passo. Basta carregar a conta da exchange com os Bitcoins de sua carteira, vendê-los e em seguida fazer uma TED para sua conta bancária.

Recomendações Diversas


É sempre bom relembrar que não se deve comprar nenhum ativo financeiro sem antes saber do que se trata e como este ativo funciona. Eu já falei um pouco sobre Bitcoin no blog, mas não expliquei tudo sobre o assunto, aliás, seria necessário escrever um livro para explicar isso.

Além do bitcoin, existem outras moedas digitais como o Litecoin e o Dash que possuem códigos parecidos e têm o funcionamento quase igual. Algumas Exchanges negociam mais de um tipo de cripto moeda, da mesma forma, deve-se entender do que se trata o ativo antes de comprá-lo.

Por fim, lembro de sempre diversificar o patrimônio, por mais que eu acredite que a impressão de dinheiro estatal é uma trapaça e que o número fixo de Bitcoins permitidos possa gerar uma deflação contínua, é sempre bom diversificar, porque nunca sabemos o futuro.

Abraços!

26 comentários:

  1. Ola Marcelo, ano passado criei um blog e colei todas as minhas transações com bitcoin, mas apaguei. O pessoal da blogsfera viu. Hoje não tenho mais btc.
    Você já comprou algo com a moeda ou apenas usa para especular?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembrei do seu blog, CF. Ainda não comprei nada, atualmente o comércio ainda está fraco no mundo e principalmente no Brasil, mas, mesmo assim, acho que as peculiaridades da moeda e a impossibilidade de impressão ilimitada dão valor ao ativo.

      Não comprei nada com a moeda, minha intenção é usar como reserva de valor para o caso da moeda começar a valer bastante em alguns anos, aí penso em começar a comprar algumas coisas com bitcoin (se me oferecerem desconto, claro).

      Abraços!

      Excluir
  2. Toda transação o le.aozinho pode ficar de olho ? Existem formas dele nao ficar em cima ? O anarquismo no bitcoin tinha esse marketing antigamente, se lembra ? Caso o sistema de problema, existiriam outras formas, como foi demonstrado no seriado Mr.Robot.
    agradeço pela atençao, um abraco!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, João! A Receita não fica de olho em toda a transação, mas caso ela encontre "inconsistências" no seu CPF, também poderá analisar as transações bancárias. O Bitcoin passa por cima da maioria desses problemas, as carteiras são representadas por códigos numéricos na cadeia, obviamente nenhum CPF é vinculado a uma carteira, dessa forma os governos dificilmente conseguiriam provar que tal carteira é de um determinado CPF.

      Abraços!

      Excluir
    2. Como o bitcoin passaria por cima na hora da compra ?
      abraço!

      Excluir
    3. No sentido de nao existir vinculos com seu cpf

      Excluir
    4. Na hora da compra a Exchange tem seu CPF, mas depois disso você poderia criar uma carteira e transferir para lá. Saindo da sua conta na Exchange, ninguém sabe o proprietário da carteira.

      Excluir
    5. Sim, mas o gatinho já estará sabendo o que você tirou do campo de visao kkkk Vai anotar num caderninho e talvez um dia ele te chame para um cafezinho. Acreditaria na moeda livre se ela começasse de forma livre, como boletos anonimos, ai sim seria um mercado interessante e o sistema começaria a sentir abalos. Estou adorando o conteudo sobre criptomoedas.

      Excluir
    6. Mesmo assim, ainda dá para dizer que gastou a moeda, mas a receita ainda não olha todas as transações, apenas as das pessoas suspeitas. Se você quiser comprar de forma mais anônima do que em uma exchange, também há como negociar uma compra em fóruns de bitcoins diretamente com outras pessoas. Também dá para você comprar litecoin e trocar por bitcoin novamente em uma exchange offshore. Enfim, há várias maneiras inteligentes de não ser rastreado.

      Abraços!

      Excluir
    7. meu irmao, tem alguma forma de comprar com menos taxas ?(vou investir pouco e alguns sites as taxas sao altas demais) voce ja viu algum site gringo que aceite brbrcoins ? quais sites vc pesquisou e tem boas referencias ?(com boas taxas, é claro) abs!

      Excluir
    8. Infelizmente, João, as taxas são essas mesmas, vai gastar no mínimo 0,25% para comprar Bitcoin e no mínimo 0,5% para comprar Altcoins. Não acho tão alto quando comparado a outros investimentos.

      Excluir
  3. Ótimo post,entretanto faltou falar da Bleutrader,a qual permite estocar inúmeras criptomoedas e fazer trader entre elas,algo bem lucrativo por sinal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Anon! A Bleutrader é bem parecida com a Poloniex. Aliás, é possível ter grandes lucros, bem como prejuízos miseráveis fazendo trade em altcoins.

      Abraços!

      Excluir
  4. Confrades e o post sobre bolsonaro,futuras eleições e o desarmamento civil?Quando vair vir?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bons temas, vou tentar abordar em breve o tema das futuras eleições. Deixo para complementar minhas ideias sobre o desarmamento civil na próxima semana.

      Excluir
  5. O que é melhor maior aporte ou maior rentabilidade?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matematicamente, na maior parte dos casos é melhor um maior aporte, a menos que você seja um novo Warren Buffet e consiga uma rentabilidade média anual de 30%, aí, sim, seria melhor uma maior rentabilidade.

      Excluir
  6. Marcelo, vc vê alguma vantagem do DASH em relação bitcoin?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejo, o DASH tem um código mais aprimorado e faz transações mais rápidas, mas a desvantagem é que ele é menos negociado. Estou avaliando abrir posição em DASH nas próximas semanas.

      Abraços!

      Excluir
  7. Ótimo post !! bem esclarecedor, eu mesmo não sabia como comprar e vender bitcoins !! aproveitando já add seu blog em minha lista !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Stifler! Em breve farei um guia explicando como comprar DASH. Também já adicionei seu blog.

      Abraços!

      Excluir
  8. Barbarossa,

    Utilizo a FlowBTC, acho que tem as melhores taxas no momento. Ordem executada e executora de 0,35%, transferencia de btc com taxa de somente 0,0001btc e retirada em reais com taxa somente de 0,5%, sem cobrar valor de red (R$8,00).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve! Usei a Foxbit na minhas últimas compras, as taxas são parecidas: 0,25% por ordem executada e 0,5% por ordem executora. A taxa de transferência de BTC também é a mesma. Espero que nos próximos meses o custo desses serviços caiam e surjam mais opções de exchanges.

      Abraços!

      Excluir
    2. Fala MB,

      Vi que a taxa de transferencia do Foxbit é 0,0008, 0,0007btc a mais que o flow. Alem disso, o saque tem taxa de 1,39% enquanto o flow é 0,5%, porem o foxbit não tem taxa de deposito de reais, enquanto o flow tem 5 reais de deposito, então acaba dando elas por elas kkk

      Excluir
    3. Confundi a taxa de saque da Foxbit. A Flow está conseguindo manter essa taxa de saque em bitcoin? Com uma taxa tão baixa demoraria mais para a transação em bitcoin ser confirmada, porque as transações com taxa mais alta têm prioridade na rede.

      Excluir
    4. MB,

      Mantém até o momento, e normalmente a transação ocorre em uns 5 a 10 minutos no máximo. Nao tenho o reclamar, uso o mercado bitcoin para analisar o gráfico, pois é gratuito e o FlowBTC para comprar rs

      Excluir