domingo, 11 de dezembro de 2016

Discussão de Resultados: Excelsior 3T16

EXCELSIOR - BAUH4
Atualmente, 124 anos de história
A salsicharia Excelsior conseguiu um excelente resultado, mesmo com a continuidade da recessão econômica, a receita aumentou, bem como o lucro líquido. A empresa é altamente conservadora nos seus negócios e expande-se com muita precaução, por causa disso, trabalha sem dívidas e com um grande caixa líquido. O lucro líquido do terceiro trimestre foi de 1,9M e a empresa trabalha com margens bem melhores que as outras empresas de alimentos frios de capital aberto.

A Excelsior é uma subsidiária de capital aberto da Seara, que, por sua vez, é uma subsidiária de capital fechado da JBS. A compra da Seara pela JBS não trouxe mudanças muito significativas na empresa, a administração continua praticamente a mesma e a linha de produtos continuou. Como fator positivo, a Excelsior conseguiu sinergia de fornecedores com a JBS.

A empresa recentemente investiu na modernização de sua linha de produção, os resultados disso serão sentidos nos próximos resultados.

A Excelsior é uma empresa de baixa liquidez, seu valor de mercado é de apenas 42 milhões e tem atuação somente na Região Sul, mas isso não me preocupa, prefiro investir em empresas desconhecidas e esquecidas pelo mercado, pois consigo comprar fatias da empresa a preços muito vantajosos. Graham, Buffet e Peter Lynch também faziam isso, mas é importantíssimo analisar e escolher as empresas certas.

NOTA: E

4 comentários:

  1. Eu tô comprado desde os 5 reais, rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve, Uorrem! Comprou muito bem, há anos que a Excelsior não passa perto desse nível de cotações. Eu comecei a comprar em meados de 2014.

      Abraços!

      Excluir
    2. Que nada, isto foi este ano. Nos 10 reais pulo fora. JBS vai fechar este capital não demora.

      Excluir
    3. Esqueci que ela chegou nos 5 no começo do ano, nem lembrava. Não sei se a JBS vai querer fechar o capital, é uma participação tão insignificante que não mudaria muita coisa para a JBS.

      Excluir