sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Aula de Inglês Online




Existem, hoje, diversas opções para se aprender um novo idioma. Uma dessas opções, além do tradicional Inglês em sala de aula existe o aprendizado totalmente online. Como passei pelas duas situações recentemente, escrevo minha opinião e meu ponto de vista sobre qual método é mais proveitoso e também como as escolas tradicionais conseguem mascarar o preço das mensalidades. Como queremos o método mais rápido no melhor custo e nas melhores condições de aprendizagem não temos muito tempo e nem recursos para ficar testando todos as escolas disponíveis no mercado.

 Time is money
Com certeza, quanto mais contato temos com diversos métodos, melhor para conseguirmos novos pontos de vista e novas informações. Normalmente um método acaba por complementar outro, e nos alinhamos melhor em uma parte específica de um deles e vice versa. Eu vejo que não existe osmose na aprendizagem, com certeza algumas  pessoas  conseguem aprender algum idioma vendo filme ou escutando música simplesmente. Eu nunca consegui aprender desta maneira, por isso que prefiro os métodos mais tradicionais.


Recentemente havia me inscrito num curso de inglês totalmente online e achei bastante proveitoso nos meses que fiz. Não vou citar a marca aqui, pois meu objetivo não é fazer nenhum tipo de propaganda. Sei que existem 2 grandes concorrentes tanto a Open English como a English Live (antiga Englishtown) apresentam a mesma linha de produtos oferecidos.


Num custo aproximadamente 1/3 mais baixo do que um curso tradicional é interessante para quem não quer comprometer grande parte da renda num curso de idiomas. A média do mercado para um curso presencial acaba ficando, onde moro, na base de uns R$ 330,00. Temos que levar em consideração que o custo do material sempre deve ser considerado no preço final. A mensalidade era cerca de R$ 250,00 num plano de 6 meses. Além disso deve-se somar o material que deve ser obrigatoriamente comprado na escola (tampouco posso pegar emprestado, tirar cópias para uso pessoal ou ficar sem o livro) num valor de mais de incríveis R$ 400,00 por semestre.  Somando esse valor com o valor da mensalidade, ficaria na média que comentei acima.

Há diversas formas de mascarar um produto, uma delas é oferecer itens obrigatórios que o aluno deve adquirir para cumprir a aula. Eu não concordo muito com esse método, pois se o aluno quiser absorver o contudo somente por método auditivo e visual, ou seja, aprende somente ouvindo  e assistindo a aula, sem fazer anotações ele deve possuir esse direito. Eu sei que um método deve ser seguido em aula, porém estou falando de pessoas maduras que querem realmente aprender a língua estrangeira. 

Vejo que as diversas taxas que são cobradas acabam por amedrontar futuros alunos. (O que acham a respeito?).  Na realidade eu nunca estava bem certo de quanto estava pagando sem fazer contas, pois há os materiais que deviam ser pagos e as taxas inclusas.

Nas escolas online não existe isso. Fato que achei bastante interessante.  A plataforma é totalmente online, existindo diversas ferramentas que auxiliam o aluno na aprendizagem.  Existe a gramática em aula e aulas em grupo com um professor habilitado de outro país. Gostei bastante do método auditivo, pois existem diversos vídeos que podem ser repetidos quantas vezes quisermos. Um ponto negativo, obviamente, é a falta de interação que temos com outros alunos, fator que na aula tradicional acaba por nos auxiliar.

Planejamento dos horários

Um fator extremamente interessante é a FLEXIBILIDADE em fazer o curso online. Se eu quisesse entrar meia noite  ou duas da manhã para fazer o curso eu conseguiria fazer. E inclusive poderia fazer aulas em grupo com professores. Como é uma plataforma em inúmeros países, não há problemas com relação há horários das aulas.

Por fim vejo que um método complementa o outro  e não recomendo para quem quer começar inglês do zero. Uma questão vejo que pode dificultar bastante no curso se refere a nossa atitude. Acaba que, mesmo não querendo estudar na aula tradicional nós nos obrigamos a ir para a escola de idiomas e assistir à aula, há um professor que pede que a gente participe e tudo mais. Na escola online não existe isso.

 Preguiça em ligar o computador e começar o estudo

Se você quiser passar um mês sem entrar, ninguém vai nos cobrar por isso (tirando a mensalidade é claro). Por isso que DISCIPLINA é o fator essencial, muito mais relevante do que a aula tradicional. Deve marcar uma, duas, três vezes por semana para realizar o estudo. Se você é uma pessoa que não tem essa característica muito desenvolvida, não recomendo fazer. Pra quem deseja aperfeiçoar o inglês com outro método acho interessante, pois  ampliamos a maneira de aprender outro idioma.
Grande abraço

2 comentários:

  1. Legal, 100 reais por mês esse curso online? Fala o nome pra gente, já que falou dos concorrentes kkkk. Eu já tive uma experiência boa com o English Live, mas precisei cancelar e tomei uma canseira, daquelas canseiras homéricas mesmo.
    Esses dias eu vi num post do ADP o QQEnglish, está no meu to do list pesquisar sobre o QQ English e o método Callan. Muita boa sua visão de que os metodos são complementares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Surfista, esses dois últimos que você falou eu não conhecia. Eu já experimentei fazer aula pelo Skype e acho que vale mais a pena uma aula mais personalizada. O rendimento é maior. Eu fazia no Englishtown (agora English Live), mas era um convênio empresarial, por isso o valor era mais baixo. Pessoalmente, na parte auditiva eu melhorei bastante. Grande abraço

      Excluir